AGÊNCIA DE NOTÍCIAS
Brasília, Terça Feira, 21 de Fevereiro de 2017
27 de outubro de 2014

CRCRS: III Encontro Estadual de estudantes de Ciências Contábeis

Postado por: Comunicação CFC


O Teatro da Univates de Lajeado acolheu, a partir das 14h do dia 25 de outubro, cerca de mil estudantes da área contábil que se inscreveram no III Encontro Estadual de Estudantes de Ciências Contábeis do RS – ENCECC-RS, que este ano trouxe como foco central a reflexão em torno da pergunta: o que o mercado espera de você? Na abertura do evento, que foi organizado pela Comissão de Estudos CRCRS Jovem, o presidente do CRCRS, Antônio Palácios, emocionou-se ao confessar que nunca falou para mais de mil jovens estudantes, fato que demonstra o interesse pela profissão e a busca por uma maior capacitação. Frisou a importância da participação dos estudantes no CRCRS, hoje e depois de formados, no sentido de colaborar na valorização do profissional, de orgulhar-se de ser contador e de, por isso mesmo, integrar-se às atividades e fundamentos do Conselho.

 

estudantes

 

DSC_0908

estudantes

André Carlos de Aquino, integrante da equipe técnica responsável pela pesquisa “Perfil do Profissional da Contabilidade e – 2012-2013″, iniciou a primeira palestra apontando que como base da pesquisa, que englobou contadores e técnicos em contabilidade, centrou-se em dois itens: vínculo e funções. Evidenciou que na distribuição de funções existe uma baixa concentração na área gerencial, especialmente entre os técnicos, e uma maior concentração na elaboração de demonstrações contábeis. Na área financeira, registra-se poucos tanto contadores como técnicos em contabilidade. André mostrou ainda os dados referentes a auditor, perito, proprietários de empresas contábeis. Nesse ponto, chamou a atenção que o auditor complementa a renda em 13% com outras atividades ligadas a auditoria, como professor e tira em torno de 15 dias de férias por ano; já o perito, complementa a renda em 28% e tira menos de 15 dias de férias por ano.  A partir da pesquisa concluiu que as principais habilidades para o futuro giram em torno de um papel mais ativo e visão do todo, gestor de accountability e transparência, gestor de informação de desempenho; e as oportunidades estão no IFRS/IPSAS, domínio de idiomas, nas áreas gerenciais. A pesquisa pode ser conferida em www.cfc.org.br.

estudantes

Em seguida, foi apresentado um painel sobre a tendência do mercado de trabalho, com as participações dos integrantes das Comissões de Estudos do CRCRS de Organizações Contábeis, Márcio Silveira, de Contabilidade Aplicada ao Setor Público, Diogo Barbosa, de Tecnologia da Informação, Darci Anton, e do Grupo de Estudos de Contabilidade Gerencial, Roberto Branchi. Márcio, comentou a mudança que ocorreu nas organizações contábeis. Antes, segundo ele, o escritório era uma escola para os estudantes ou recém-formados, e isso mudou, agora as organizações buscam habilidades e competências. Diogo, concorda que a mudança também chegou ao setor público, que hoje exige mais, especialmente em função das IPSAS. É importante o domínio de uma outra língua, de mais estudo, de saber interpretar e analisar informações. “A Contabilidade pública vai além do próprio benefício, é uma atividade social”, concluiu Diogo. Para Branchi um grande desafio do profissional é participar da gestão das empresas. Considera que é uma questão cultural, uma vez que o contador não tem o hábito e não gosta de correr riscos. Ele defende a ideia, afirmando que as oportunidades estão latentes e que se não forem absorvidas pelos profissionais contábeis outros profissionais irão ocupar os espaços. Anton  declarou que hoje em dia não tem como viver sem tecnologia e que é imprescindível duas coisas para alcançar o sucesso: comprometimento, pensamento lógico e disposição para sempre aprender.

estudantes

Professor Pachecão encerrou o evento, com muito humos, declarando que o amor é a solução de tudo. “Não é a profissão que dá dinheiro, é o profissional”, proferiu essa frase ao lembrar a contrariedade da família, especialmente do pai, quando optou por ser professor e como foi a sua trajetória de sucesso como professor de cursinho pré-vestibular, ministrando a matéria de física.

estudantes

 

A caravana de estudantes vinda de Rio Grande – FURG- recebeu o troféu por ter participado do evento com a maior delegação de alunos.

estudantes

 


Totem Ticker