AGÊNCIA DE NOTÍCIAS
Brasília, Segunda Feira, 26 de Junho de 2017
3 de dezembro de 2014

CFC, Fenacon e Sebrae realizam reunião e discutem ações conjuntas

Postado por: Comunicação CFC


Por Maristela Girotto
Comunicação CFC

O presidente do Conselho Federal de Contabilidade (CFC), José Martonio Alves Coelho, recebeu na tarde deste dia 3, na sede do CFC, em Brasília-DF, o presidente da Fenacon, Mário Elmir Berti; o diretor Político e Parlamentar da Fenacon, Valdir Pietrobon; o gerente de Políticas Públicas do Sebrae Nacional, Bruno Quick; e a analista do Sebrae Nacional Maura Miraglia. Vários temas de interesse das três entidades foram discutidos.

Da esq. para a direita, o diretor Político e Parlamentar da Fenacon, Valdir Pietrobon; o presidente da Fenacon, Mário Elmir Berti; a analista do Sebrae Nacional Maura Miraglia; com o presidente do CFC, José Martonio Alves Coelho e o gerente de Políticas Públicas do Sebrae Nacional, Bruno Quick.

Da esq. para a direita, o diretor Político e Parlamentar da Fenacon, Valdir Pietrobon; o presidente da Fenacon, Mário Elmir Berti; a analista do Sebrae Nacional Maura Miraglia; com o presidente do CFC, José Martonio Alves Coelho e o gerente de Políticas Públicas do Sebrae Nacional, Bruno Quick.

A minuta de um acordo de cooperação, a ser assinado nos próximos meses pelo CFC, Fenacon e Sebrae, foi analisada e definida. “Trata-se de um documento que irá nos permitir realizar uma série de ações em conjunto”, adiantou o presidente do CFC. O ato de assinatura do acordo, no início de 2015, deverá ter a presença do ministro da Micro e Pequena Empresa, Guilherme Afif Domingos, e do presidente do Sebrae Nacional, entre outras autoridades.

Outro assunto discutido na reunião foi a necessidade da aproximação das três entidades com vistas ao atendimento das demandas atuais dos Microempreendedores Individuais (MEIs). “Nós fizemos um trabalho bastante estruturado quando o MEI foi criado, agora precisamos trabalhar juntos, novamente, para posicionarmos melhor os MEI com o setor contábil”, afirmou Bruno Quick. Nesse sentido, José Martonio propôs que as entidades tracem um arcabouço de estratégias e diretrizes para serem compartilhadas pelo CFC, Fenacon e Sebrae.

Mário Berti e Valdir Pietrobon também acrescentaram propostas que visam à melhoria da gestão das empresas contábeis, com as quais CFC e Sebrae demonstraram concordância.


Totem Ticker