AGÊNCIA DE NOTÍCIAS
Brasília, Segunda Feira, 21 de Agosto de 2017
26 de janeiro de 2015

Veja os 15 cargos com os maiores salários de São Paulo

Postado por: Comunicação CFC


Portal G1

Controller lidera a lista com ganho mensal médio de R$ 11.125,38. Médicos e engenheiros são maioria entre as melhores remunerações.

Os controllers, profissionais da área contábil, com profundo conhecimento administração, são os mais bem remunerados na cidade de São Paulo, segundo pesquisa da Catho que listou os 15 cargos com os maiores salários. O levantamento foi feito com profissionais de todos os níveis hierárquicos e avaliou a média salarial mensal de cada profissão. A empresa também divulgou uma segunda lista, somente com os maiores salários entre os cargos executivos de nível hierárquico maior.

Na segunda colocação da lista geral ficou o posto de médico clínico geral, com salário de R$ 9.806,43. Em terceiro aparece o cargo de médico do trabalho, com 9.758,80. Na quarta posição está o posto de médico auditor, com salário de R$ 9.493,13. No quinto lugar está o médico ginecologista, com remuneração de R$ 9.440.

Veja a lista completa:
1) Controller (financeiro) – R$ 11.125,382
2) Médico clínico geral – R$ 9.806,43
3) Médico do trabalho – R$ 9.758,80
4) Médico auditor – R$ 9.493,13
5) Médico ginecologista – R$ 9.440
6) Médico psiquiatra – R$ 8.966,67
7) Engenheiro de planejamento e controle – R$ 8.857
8) Engenheiro de planejamento – R$ 8.701,64
9) Médico dermatologista – R$ 8.666,67
10) Arquiteto de sistemas – R$ 8.568,71
11) Arquiteto de soluções – R$ 8.208,33
12) Engenheiro orçamentista – R$ 8.100,60
13) Projetista hidráulico – R$ 8.008,06
14) Especialista financeiro – R$ 7.648,64
15) Arquiteto Java – R$ 7.643,16

Uma segunda lista, contemplando os cargos executivos de nível hierárquico maior, coloca o posto de diretor industrial como o profissional melhor remunerado de São Paulo, com média mensal de R$ 22.296,31. Diretor de negócios e diretor de obras completam a lista dos 3 cargos de melhor salário da cidade, com R$ 21.457,14 e R$ 21.383,33, respectivamente.

Veja a lista de cargos executivos:

1) Diretor industrial – R$ 22.296,31
2) Diretor de negócios – R$ 21.457,17
3) Diretor de obras – R$21.383,33
4) Diretor jurídico – R$ 20.362,58
5) Diretor de operações – R$ 19.792,41
6) Diretor geral – R$ 18.971,40
7) Diretor de recursos humanos – R$ 18.120,80
8) Diretor de tecnologia da informação – R$ 16.275,94
9) Diretor de logística – R$ 16.000
10) Diretor de vendas – R$ 15.965

A pesquisa também analisou os impactos dos níveis de escolaridade dos profissionais em diferentes níveis hierárquicos. Para um diretor, por exemplo, uma pós-graduação pode representar um aumento salarial de até 91,80%, de R$ 7.023,20 para R$ 13.741,14.

E quando o assunto é o conhecimento em um segundo idioma, a diferença salarial não fica para trás. No caso dos supervisores, falar outra língua pode aumentar o salário em até 76,73%, de R$ 2.753,74 para R$ 4.866,58. Já para os gerentes, o ganho mensal pode ser de até 65,69% maior, de R$ 5.563,90 para R$ 9.219,07.

A Catho divulga a cada três meses uma atualização da sua Pesquisa Salarial e de Benefícios. Este recorte faz parte da 49ª edição, que contou com mais de 233 mil respondentes em 2.154 cidades brasileiras.


Totem Ticker