AGÊNCIA DE NOTÍCIAS
Brasília, Quinta Feira, 14 de Dezembro de 2017
12 de março de 2015

Com a presença de líderes internacionais, Seminário Regional Interamericano de Contabilidade tem inicio em Maceió

Postado por: Comunicação CFC


Abertura contou com a participação do presidente do Conselho Federal de Contabilidade, José Martonio Alves Coelho, do governador de Alagoas, Renan Filho, além de líderes de entidades contábeis dos Estados Unidos, Portugal, Bolívia e Argentina 

Por Elton Pacheco
RP1 Comunicação 

WAG_8181mesanova

Maceió (AL) Teve início, na noite desta quinta-feira (12), em Maceió, o Seminário Regional Interamericano de Contabilidade. O evento, que segue até amanhã (13), tem como objetivo estimular a discussão e a reflexão sobre temas atuais e apresentar novas perspectivas para a profissão contábil, atualmente uma das mais demandadas do mundo.

A abertura do evento foi realizada no Hotel Jatiúca e contou com a presença do presidente do Conselho Federal de Contabilidade (CFC), José Martonio Alves Coelho, do governador de Alagoas, Renan Calheiros Filho (PMDB), e da controladora-geral do estado, contadora Maria Clara Cavalcante Bugarim, além de líderes de entidades contábeis do Brasil, de Portugal, dos Estados Unidos, da Bolívia e da Argentina, vice-presidentes do CFC, presidentes de 15 Conselhos Regionais de Contabilidade (CRCs) e conselheiros.

WAG_8105 (2)menor

Para o presidente Martonio Alves Coelho, a contabilidade vive uma grande fase, “provavelmente a melhor de sua história”. Segundo ele, vários têm sido os avanços na área. “Hoje o ramo das Ciências Contábeis figura entre um dos mais respeitados. Temos uma profissão que se atualiza diariamente, não só no campo tecnológico, mas nos conceitos contábeis, a exemplo da convergência das normas ao padrão internacional no Brasil, fato que coloca a nossa contabilidade no mesmo patamar daquela de outros países”, afirmou, para uma plateia formada por profissionais e estudantes interessados.

Martonio Coelho destacou, ainda, que se faz necessária uma atualização profissional constante, por isso a importância de eventos desta natureza. “A Ciência Contábil é uma só. Não existem fronteiras. Sou um defensor da atualização diária de nossos profissionais”. Ele destacou que a contabilidade é a profissão não só do futuro, mas do presente. “Nós, enquanto entidades, estamos investindo na formação global, trabalhando juntamente com os nossos docentes e as Instituições de Ensino Superior. Áureos serão os dias em que os nossos profissionais serão muito mais capacitados e que a nossa profissão figure no topo da mais bem conceituada do mundo”.

Presente na solenidade, o governador de Alagoas, Renan Calheiros Filho (PMDB), ressaltou a importância de receber um evento deste tipo em Maceió. “Como governador, encaro a contabilidade como uma aliada de minha gestão. Nosso governo faz questão de fiscalizar e ser fiscalizado por órgãos competentes e, principalmente, pela população”, disse. Renan Filho também enalteceu a participação da contadora Maria Clara Cavalcante Bugarim em seu governo, que, segundo ele, é uma legitima representante da classe contábil.

WAG_8146menor

Maria Clara Cavalcante Bugarim é atual controladora-geral do Estado de Alagoas e presidente da Academia Brasileira de Ciências Contábeis (Abracicon), tendo também comandado a presidência do CFC nas gestões 2006 a 2009. “Não por acaso, mas por um acerto, que confiei o cargo à Maria Clara, profissional engajada na sistematização de uma contabilidade transparente. A transparência, aliás, está na certidão de nascimento deste governo, que nasceu há três meses”.

Na oportunidade, a controladora-geral do Estado agradeceu à confiança depositada. “Este gesto está sendo entendido como uma prova de que este governo atribui importância máxima à contabilidade, refletindo um modelo de governo baseado no tripé ética, transparência e proximidade e que sabe como os profissionais da contabilidade são essenciais neste processo”, disse.

O presidente da Associação Interamericana de Contabilidade (AIC), Gustavo Gil Gil, falou em nomes das entidades internacionais presentes. Ele salientou a importância de aproximar os países da América e da Europa para o aperfeiçoamento da profissão. Já em nome dos líderes brasileiros, o presidente do Conselho Regional de Alagoas (CRCAL), Carlos Sampaio, disse que os cerca de quatro mil profissionais do estado “sabem da importância de seu papel fiscalizador para a sociedade”. Segundo ele, o futuro da ciência contábil depende dos passos “que tomamos hoje”.

O presidente do CRCAL aproveitou a oportunidade para agradecer a nomeação da contadora Maria Clara Cavalcante Bugarim para o cargo de controladora-geral do estado. “Essa é uma clara sinalização para a classe contábil alagoana de que vossa excelência inicia sua gestão com decisões acertadas e coerentes com a plataforma de um governo comprometido com a sociedade”, disse.

Também compuseram a mesa o bastonário Antonio Domingos de Azevedo, da Ordem dos Técnicos Oficiais de Contas (Otoc), de Portugal; Ramon Vicente Nicastro, da Federação Argentina de Conselhos Profissionais de Ciências Econômicas (FACPCE); Juarez Domingues, presidente da Fundação Brasileira de Contabilidade (FBC), Idésio Junior, presidente do Ibracon; George Santoro, secretário de Fazenda e do presidente do Tribunal de Contas de Alagoas, Otávio Lessa.

Evento

Até o fim desta sexta-feira (13), o Seminário Regional Interamericano de Contabilidade vai estimular a discussão e a reflexão sobre temas atuais, além de apresentar novas perspectivas para a profissão contábil em Maceió. A expectativa é que cerca de 500 pessoas, entre profissionais e estudantes, participem da programação.

Um dos temas a ser abordado será a importância das Normas Internacionais de Contabilidade (IFRS, na sigla em inglês), adotadas pelo Brasil em 2010. O assunto será discutido pelo doutor Fábio Moraes, representante do Brasil no International Accounting Education Standards Board (IAESB), órgão internacional dedicado à elaboração de normas de educação na área de contabilidade.

A profissão contábil também será debatida sob a ótica do Instituto Americano de Contadores Públicos Certificados (AICPA, na sigla em inglês). Jim Knafo, membro do instituto, falará ao público com a coordenação do presidente do Instituto dos Auditores Independentes do Brasil (Ibracon), Idésio da Silva Coelho Júnior. O AICPA trabalha para estabelecer padrões éticos da profissão nos Estados Unidos e representa os profissionais no Congresso.

Em seguida, o vice-presidente do CFC, Zulmir Breda, falará em nome da Federação Internacional de Contadores (IFAC, na sigla em inglês), sobre La Creación de Capacidad, La Promoción de la Calidad (Criação da Capacidade e Promoção da Qualidade), com a coordenação da técnica oficial de contas Lucia Maria Portela, de Portugal.

A programação ainda conta com o tema Ética, Mensuração e Certificação Profissional, que será debatido, também, em espanhol. Os presidentes Antonio Domingos de Azevedo, da Ordem dos Técnicos Oficiais de Contas (Otoc), de Portugal; e Gustavo Gil Gil, da Associação Interamericana de Contabilidade (AIC), da Bolívia, debatem o tema, sob a coordenação de Jorge José Gil, da Federação Argentina de Conselhos Profissionais de Ciências Econômicas (FACPCE).

O evento é realizado pelo CFC, pelo Conselho Regional de Contabilidade da Alagoas (CRCAL) e da AIC, com  apoio da Abracicon, FBC, AICPA, IFAC e OTOC.

Serviço:

Seminário Regional Interamericano de Contabilidade
Data: 12/03, das 15h às 19h (credenciamento); 19h às 21h (abertura); 13 de março, das 9h às 17h (palestras);
Local: Hotel Jatiúca – Rua Dr. Mário Nunes Vieira, 220, Mangabeiras – Maceió.

Tema: Novas Perspectivas da Profissão Contábil.
Valores: R$ 200 (profissionais) e R$ 100 (estudantes).
Inscrições: http://aic.cfc.org.br/.


Totem Ticker