AGÊNCIA DE NOTÍCIAS
Brasília, Terça Feira, 17 de Outubro de 2017
30 de março de 2015

Classe contábil prestigia 6º Enos

Postado por: Comunicação CFC


Por RP1 Comunicação
Fernanda Angelo

Encontro Nacional dos Observatórios Sociais recebe profissionais da contabilidade em discussão sobre eficiência da gestão pública

Os integrantes da Comissão Gestora do Programa de Voluntariado da Classe Contábil (PVCC), do Conselho Federal de Contabilidade (CFC), participaram, na última quinta-feira (26), da abertura do 6º Encontro Nacional dos Observatórios Sociais, que reuniu representantes de todos os Estados brasileiros. O evento é realizado anualmente e tem como objetivo tratar da qualificação da metodologia de trabalho dos Observatórios Sociais (OS) – que compõem a rede Observatório Social do Brasil (OSB). O CFC é um dos patrocinadores do evento.

Os OS atuam como pessoa jurídica em forma de associação e fazem o monitoramento das compras públicas no âmbito municipal, de modo a agir preventivamente no controle social dos gastos públicos. Atualmente, existem, no Brasil, 96 OS em 15 Estados.

O PVCC, criado em 2008, possui o subprograma Rede Cidadania Social – Observatório Social. Na abertura do 6º Enos, o vice-presidente de Desenvolvimento Profissional e Institucional do CFC, Zulmir Ivanio Breda, que representou o presidente do CFC, José Martonio Alves Coelho,  lembrou que o CFC é cofundador do Observatório Social do Brasil.

“Desde o início, participamos de todos os projetos desenvolvidos no País. Acreditamos na causa e queremos somar. Temos certeza que podemos contribuir muito para o futuro, a justiça e o bem-estar de todo o povo brasileiro”, declarou Zulmir Breda. O PVCC conta, hoje, com 5 mil voluntariados e 27 coordenadores em cada Estado.

Para o presidente do OSB, Ater Cristofoli, os OS são fundamentais. “Precisamos dos Observatórios Sociais para resolver questões imediatas, como, por exemplo, evitar a corrupção”, disse.

A 6ª edição do Enos trouxe como tema “Todos pela Eficiência da Gestão Pública”. Assuntos como eficiência da gestão municipal, ferramentas para eficiência das compras públicas, Lei da Empresa Limpa, proposta de leis de prevenção à corrupção e parcerias estratégicas para o controle social no Brasil foram debatidos até sexta-feira (27), no auditório do Verbo Divino, em Brasília.


Totem Ticker